jusbrasil.com.br
7 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL XXXXX-70.2009.8.26.0000 SP XXXXX-70.2009.8.26.0000

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 8 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

1ª Câmara de Direito Privado

Publicação

Julgamento

Relator

Alcides Leopoldo e Silva Júnior

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SP_APL_90704137020098260000_27f1a.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RESPONSABILIDADE CIVIL Vícios de construção Ação movida por condomínio contra a construtora O prazo de garantia, quanto à empreitada de edifícios ou outras construções consideráveis, no tocante a solidez, segurança do trabalho e dos materiais, a que estava sujeito o empreiteiro de materiais e execução (empreitada mista), conforme estabelecido no art. 1.245 do Código Civil de 1916, era de cinco anos, desde a entrega da obra, e ocorrendo o defeito neste espaço de tempo, o prejudicado tinha vinte anos para propor a ação, militando contra a construtora a presunção de culpa, devendo, portanto, demonstrar o contrário ? Decadência afastada pelas notificações realizadas no prazo de garantia dando conhecimento das avarias, não havendo necessidade de que estivessem acompanhadas de trabalho técnico Inexistência de prescrição pelo ajuizamento oportuno da ação ? Constatação pericial de deficiências construtivas com risco estrutural - Condenação em honorários advocatícios mantida - Recurso desprovido.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/138693573/apelacao-apl-90704137020098260000-sp-9070413-7020098260000

Informações relacionadas

Suzanna Borges de Macedo Zubko, Advogado
Artigoshá 6 anos

Vícios aparentes e ocultos no imóvel, a construtora responde?

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 14 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - EMBARGOS DE DIVERGENCIA NO RECURSO ESPECIAL: EREsp XXXXX RO 2005/XXXXX-0

Tribunal Regional Federal da 5ª Região
Jurisprudênciahá 17 anos

Tribunal Regional Federal da 5ª Região TRF-5 - Agravo de Instrumento: AGTR 59105 PB 2004.05.00.033435-9

Dyego Freitas, Advogado
Artigoshá 6 anos

Imóvel com defeito. Quais os direitos do comprador?

Superior Tribunal de Justiça STJ - AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL: AREsp XXXXX PR 2021/XXXXX-0