jusbrasil.com.br
27 de Maio de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - -....: 0002605-71.2004.8.26.0294 SP

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 11 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
15ª Câmara de Direito Criminal
Publicação
17/12/2010
Julgamento
18 de Novembro de 2010
Relator
J. Martins
Documentos anexos
Inteiro Teor_26057120048260294_SP_1294120202365.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

ROUBO - PALAVRA DA VÍTIMA

- Relevância: Em crimes patrimoniais, cometidos na clandestinidade, a palavra da vítima reveste-se de grande valor probante quando não dissociada dos demais elementos de convicção e, desde que não haja indícios de falsa inculpação. No presente caso, em que a vítima narrou a agressão sofrida pelos agentes, sem indicação de que os acusou falsamente, e havendo prova material da conduta, mostrou-se correta a condenação.Recurso não provido.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/17889414/26057120048260294-sp

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Criminal: APR 1505373-68.2019.8.26.0196 SP 1505373-68.2019.8.26.0196

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 11 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL 0000005-94.2010.8.26.0091 SP 0000005-94.2010.8.26.0091

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - -....: 0002605-71.2004.8.26.0294 SP

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 2 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Criminal: APR 1505858-69.2019.8.26.0228 SP 1505858-69.2019.8.26.0228

Eduardo Luiz Santos Cabette, Professor de Direito do Ensino Superior
Artigoshá 10 anos

STJ: palavra da vítima é suficiente para configurar uso de arma de fogo em assalto