jusbrasil.com.br
9 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL XXXXX-94.2012.8.26.0270 SP XXXXX-94.2012.8.26.0270

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 7 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

15ª Câmara de Direito Privado

Publicação

Julgamento

Relator

Luiz Arcuri

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SP_APL_00031989420128260270_f0e0c.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

AÇÃO DE COBRANÇACONTRATO BANCÁRIONEGÓCIO REALIZADO POR MEIO ELETRÔNICOVALIDADEJUROS REMUNERATÓRIOSTAXA INFORMADA NOS AUTOSNÃO DEMONSTRAÇÃO DE ABUSIVIDADE – Os elementos trazidos pelo Banco-autor demonstram que houve negócio jurídico regular entre as partes, sendo fornecido o crédito à ré, admitindo-se a contratação por meio eletrônico, não se exigindo a forma escrita com assinatura das partes para lhe atribuir validade – Havendo livre manifestação de vontade entre as partes e em se tratando de negócio relacionado a direitos disponíveis, não se infere vedação em lei na contratação de crédito por meio eletrônico – Admissível, além disso, a cobrança de juros remuneratórios em patamar superior a 12% ao ano conforme precedentes de nossos Tribunais e observando-se a Súmula Vinculante 07 do Supremo Tribunal Federal – Taxa que foi informada nos autos, não sendo impugnada, de forma especificada, na contestação, o que possibilitava à ré a comparação com as taxas médias de mercado a justificar eventual abusividade, o que não foi feito – Observância da taxa contratada para os juros remuneratórios – Hipótese, ademais, em que, para o período de inadimplência, houve incidência apenas de correção monetária, multa e juros de mora legais – Recurso provido.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/235440765/apelacao-apl-31989420128260270-sp-0003198-9420128260270

Informações relacionadas

Doutrina2022 Editora Revista dos Tribunais

9. O Contrato Digital