jusbrasil.com.br
14 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL XXXXX-81.2015.8.26.0302 SP XXXXX-81.2015.8.26.0302

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 5 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

13ª Câmara de Direito Privado

Publicação

Julgamento

Relator

Ana de Lourdes Coutinho Silva da Fonseca

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SP_APL_10084298120158260302_853e7.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

APELAÇÃO - CADASTRO INTERNODANO MORAL

- Pretensão do banco de reforma da r. sentença para que seja afastada a condenação ao pagamento de indenização por dano moral – Cabimento – Hipótese em que não houve inscrição indevida em cadastro de inadimplentes, mas apenas registro de operação de renegociação de dívida em cadastro interno da instituição financeira – Banco que deve analisar as circunstâncias de cada caso, a fim de concluir pela conveniência da concessão do crédito, desde que as informações consideradas se relacionem efetivamente com a verificação do risco da operação - RECURSO DO BANCO PROVIDO, prejudicada a análise do recurso da autora.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/476329669/apelacao-apl-10084298120158260302-sp-1008429-8120158260302

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de Minas Gerais
Jurisprudênciahá 3 anos

Tribunal de Justiça de Minas Gerais TJ-MG - Apelação Cível: AC XXXXX81191727001 MG

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Apelação Cível: AC XXXXX-51.2016.8.21.7000 RS

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP: XXXXX-56.2017.8.26.0006 SP XXXXX-56.2017.8.26.0006

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 10 meses

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível: AC XXXXX-84.2021.8.26.0344 SP XXXXX-84.2021.8.26.0344

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 8 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL: REsp XXXXX RS 2013/XXXXX-0