jusbrasil.com.br
4 de Junho de 2020
2º Grau

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP : 0049595-45.2012.8.26.0002 SP 0049595-45.2012.8.26.0002

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 3 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
30ª Câmara de Direito Privado
Publicação
11/09/2017
Julgamento
6 de Setembro de 2017
Relator
Marcos Ramos
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-SP__00495954520128260002_51db3.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Responsabilidade civil – Acidente de trânsito - Ação de indenização por danos materiais e lucros cessantes - Sentença de procedência – Recursos da ré, proprietária do veículo, e da empresa locatária, denunciada à lide - Manutenção do julgado – Necessidade - Conversão do rito sumário para o ordinário - Providência devidamente justificada - Previsibilidade do art. 277, §§ 4º e , do CPC/73 - Denunciação da lide cabível, na hipótese - Veículo do autor colidido pelo do condutor preposto da denunciada em cruzamento de vias públicas - Suficiente prova no sentido de que havia sinalização de parada obrigatória voltada para o condutor do veículo locado - Conclusão de que desatendeu ao sinal de "Pare" – Indenização devida – Lucros cessantes devidamente comprovados pelo sindicado dos taxistas autônomos. Apelos da ré e da litisdenunciada desprovidos.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/514170306/495954520128260002-sp-0049595-4520128260002