jusbrasil.com.br
21 de Janeiro de 2022
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP : 1020894-21.2016.8.26.0001 SP 1020894-21.2016.8.26.0001

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 4 anos
Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
5ª Câmara de Direito Privado
Publicação
18/05/2018
Julgamento
18 de Maio de 2018
Relator
Fernanda Gomes Camacho
Documentos anexos
Inteiro TeorTJ-SP__10208942120168260001_cc6b6.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

PLANO DE SAÚDE. PRAZO DE CARÊNCIA.

Recém-nascida que teve complicações respiratórias, com indicação médica de internação em UTI. Negativa da ré, sob alegação de que não cumprido o prazo de carência contratual. Procedimento de caráter urgencial. Prazo de carência de, no máximo, 24 horas. Art. 12, V, item c, Lei 9.656/98. Súm. 103, TJSP. Abusividade na negativa de cobertura. Dano moral configurado. Mantida indenização de R$15.000,00. Honorários advocatícios majorados. Recurso não provido, com observação.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/584696982/10208942120168260001-sp-1020894-2120168260001

Informações relacionadas

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Agravo de Instrumento : AI 2120773-21.2015.8.26.0000 SP 2120773-21.2015.8.26.0000

Tribunal de Justiça de São Paulo
Jurisprudênciahá 6 anos

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação : APL 0033605-80.2013.8.26.0001 SP 0033605-80.2013.8.26.0001

Superior Tribunal de Justiça
Jurisprudênciahá 14 anos

Superior Tribunal de Justiça STJ - RECURSO ESPECIAL : REsp 986947 RN 2007/0216173-9