jusbrasil.com.br
20 de Maio de 2019
2º Grau

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Mandado de Segurança Cível : MS 20029075020198260000 SP 2002907-50.2019.8.26.0000 - Inteiro Teor

Tribunal de Justiça de São Paulo
mês passado
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Inteiro Teor

TJ-SP_MS_20029075020198260000_538de.pdf
DOWNLOAD

1

PODER JUDICIÁRIO

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE

SÃO PAULO

Registro: 2019.0000290835

ACÓRDÃO

Vistos, relatados e discutidos estes autos de Mandado de Segurança Cível nº 2002907-50.2019.8.26.0000, da Comarca de Cajamar, em que é impetrante MUNICÍPIO DE CAJAMAR, é impetrado MMª JUIZA DE DIREITO DA 1º VARA JUDICIAL DO FORO DE CAJAMAR/SP.

ACORDAM, em 15ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça de São Paulo, proferir a seguinte decisão: "Concederam a ordem. V. U.", de conformidade com o voto do Relator, que integra este acórdão.

O julgamento teve a participação dos Exmos. Desembargadores EUTÁLIO PORTO (Presidente) e RODRIGUES DE AGUIAR.

São Paulo, 11 de abril de 2019.

SILVA RUSSO

RELATOR

Assinatura Eletrônica

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO

São Paulo

Mandado de Segurança Cível nº 2002907-50.2019.8.26.0000

Impetrante: Município de Cajamar

Impetrado: Mmª Juiza de Direito da 1º Vara Judicial do Foro de Cajamar/sp

Litisconsorte: Francisco Valmir da Silva

Comarca: Cajamar

Voto nº 30122

MANDADO DE SEGURANÇA Ato judicial -Possibilidade Alegada violação de direito líquido e certo.

EXECUÇÃO FISCAL Valor que se mostra alegadamente irrisório e antieconômico Inicial indeferida - Artigo 485, inciso VI, do Código de Processo Civil - Não Cabimento -Autora que mantém interesse processual - Ordem concedida.

Trata-se de mandado de segurança impetrado contra ato do MMa. Juíza da 1ª Vara Cível da Comarca de Cerqueira César que pela decisão de fls. 16/18, mantida às fls. 27/29 nos autos da execução fiscal que a municipalidade move contra a interessada com vistas ao recebimento de créditos tributários - extinguiu aquela ação tendo em vista o disposto nos artigos 485, inciso VI; e 924, inciso I, ambos do Código de Processo Civil -, buscando a municipalidade, nesta sede e liminarmente, a suspensão dos efeitos daquela decisão e, no mérito, pretende o reconhecimento da sua nulidade, com determinação do

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO

São Paulo

prosseguimento da execução.

Impetração tempestiva, concedida a liminar (fls. 43/44), sobrevindo aos autos as informações da autoridade impetrada (fls. 49/51) e, ainda, o parecer da d. Procuradoria de Justiça deixando de se manifestar no caso em apreço (fl. 59).

É o relatório.

Quanto ao cabimento do mandado de segurança contra decisão judicial passível de recurso e, neste caso, em execução fiscal de baixo valor, tem-se admitido o mandado de segurança, como remédio para assegurar ao Município-exequente, a possibilidade de buscar dos munícipes-devedores, o pagamento para as dívidas havidas em razão de inadimplência tributária. Além disso, a impetrante alega violação ao seu direito líquido e certo, daí o cabimento deste mandado de segurança.

Nesse sentido são as seguintes decisões:

“MANDADO DE SEGURANÇA Impetração Execução fiscal de valor inferior ao de alçada da Lei 6830/80 Alegação de que o writ é o remédio apropriado para o caso Admissibilidade Inexistência de recurso próprio a resguardar o direito pleiteado Caracterização do mandamus como via adequada Ordem concedida” (Mand. Seg. nº 1.046.642-5 8ª Câmara Rel. Grava Brazil).

“MANDADO DE SEGURANÇA âmbito Impetração contra execução de valor inferior ao de alçada, após a oposição de embargos infringentes que restaram rejeitados Admissibilidade Inexistência de recurso próprio a proteger o direito alegado pela impetrante Sentença

TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO

São Paulo

concedida.

EXECUÇÃO FISCAL Extinção do processo Valor do tributo considerado ínfimo Processo extinto em razão deste fato pela autoridade judiciária Impossibilidade Decisão que configurou cerceamento ao Poder Público na arrecadação tributária, bem como vedação de acesso ao Judiciário Lesão a direito líquido e certo verificada Prosseguimento das execuções determinado Segurança concedida para esse fim” (Mand. Seg. nº 1.069.779-5 4ª Câmara Rel. José Marcos Marrone).

Além disso, o trânsito em julgado, do ato impugnado, foi suspenso, pela liminar e, por outro lado, o recurso eventualmente cabível (extraordinário) despossui efeito suspensivo, daí não incidir a vedação do art. -II da Lei 12.016/2009.

E o motivo principal para a existência daquelas decisões está relacionado à relevância para os mu...