jusbrasil.com.br
13 de Agosto de 2022
  • 2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação Cível: AC XXXXX-77.2018.8.26.0032 SP XXXXX-77.2018.8.26.0032

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 3 anos

Detalhes da Jurisprudência

Processo

Órgão Julgador

36ª Câmara de Direito Privado

Publicação

Julgamento

Relator

Arantes Theodoro

Documentos anexos

Inteiro TeorTJ-SP_AC_10033297720188260032_0a238.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

Ação cominatória com pedido indenizatório cumulado. Ajuizamento por possuidora de imóvel no qual se acha área de preservação permanente, destinada a obrigar a ré, sua vizinha, a se abster de lançar efluentes industriais em rio ou outros corpos d'água, assim como a indenizar os danos causados. Alegação de que a ré age em desacordo com a legislação ambiental, de modo a contaminar "as águas que norteiam as terras da parte autora", bem como a prejudicar "a qualidade do ar e solo para plantação." Propositura que, conquanto presente postulação secundária de caráter indenizatório, versa sobre dano ambiental. Competência recursal de uma das Câmaras Reservadas ao Meio Ambiente. Recurso não conhecido, com ordem de remessa.
Disponível em: https://tj-sp.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/899597147/apelacao-civel-ac-10033297720188260032-sp-1003329-7720188260032