jusbrasil.com.br
21 de Agosto de 2019

Santos recebe Curso de Treinamento e Atualização

Tribunal de Justiça de São Paulo
há 6 anos

Na manhã de hoje (3), a comarca de Santos foi sede do Curso de Treinamento e Atualização realizado pelo Centro de Treinamento e Apoio aos Servidores (Cetra), que tem como responsável o secretário da Presidência Kauy Carlos Lopérgolo de Aguiar e agora se juntou ao projeto Aulas Magnas Curso de Atualização Permanente.

Cerca de 320 servidores lotaram o Salão de Júri da cidade, sede da 7ª Região Administrativa: formada também pelas cidades de Registro (21ª CJ) e Itanhaém (56ª CJ).

O evento foi organizado pela Escola Paulista da Magistratura, por seu diretor, desembargador Armando Sérgio Prado de Toledo, em conjunto com a Presidência do Tribunal de Justiça e a Corregedoria Geral da Justiça e contou com o apoio da diretoria do Fórum da Comarca de Santos e Secretarias de Planejamento e de Recursos Humanos, de Tecnologia da Informação e da Primeira Instância do Tribunal.

Na abertura, Kauy Carlos Lopergolo de Aguiar falou sobre o tema A Nova Política do Tribunal de Justiça e a Valorização do Servidor. Hoje a primeira parte desse encontro é mais um bate papo. O objetivo da atual Presidência do Tribunal é aproximar-se de cada um dos senhores, disse ele, que agradeceu à colaboração de todos os servidores que contribuíram para a realização do evento.

Hoje estamos aqui com as comarcas de Santos, Bertioga, Cubatão, São Vicente, Praia Grande, Guarujá, Registro, Eldorado, Jacupiranga, Pariquera-Açú, Cananéia, Miracatu, Juquiá, Itanhaém, Itariri, Mongaguá e Peruíbe. Kauy lamentou a ausência da comarca de Iguape que em virtude do falecimento de um servidor não pode comparecer ao encontro.

O Secretário agradeceu à colaboração da juíza diretora do Fórum de Santos, também responsável pela 1ª Vara da Família e das Sucessões, Tathyana Antonelli Marcelino Brabo, e da coordenadora da 7ª Região, Elizabete Aparecida Silva, pela dedicação.

A juíza diretora Tathyana Antonelli Marcelino Brabo, agradeceu a presença de todos e do Cetra na pessoa de Kauy, e à atual Presidência pelo trabalho que vem sendo realizado. Queremos resultados mas estamos dando meios para isso. O Cetra está dando um suporte para o servidor. Obrigado Kauy, completou a magistrada.

Kauy destacou a importância que cada servidor tem na prestação jurisdicional, pois são os responsáveis pela situação patrimonial das pessoas; independente do valor da causa, quem procura o Judiciário deseja ser bem atendido. A sociedade desemboca aqui e nos somos os responsáveis pela solução do seus problemas, completou. Ele mostrou em números o tamanho do Tribunal de Justiça de São Paulo. Citou que temos 43 mil servidores, mais 10 mil terceirizados, 672 prédios, 360 desembargadores, 2.334 juízes e substitutos em 2º grau, e ainda 21 mil processos em andamento no Estado de São Paulo.

O Secretario falou das melhorias que estão sendo implantadas na atual gestão, como o pagamento de indenização de férias, licença-prêmio, FAM, majoração do auxilio alimentação e creche, revisão salarial acima da inflação, respeito à data base, aumento da bolsa auxilio para os estagiários de nível médio e superior, nomeação de 1876 servidores e realização de concurso para provimento dos cargos de escrevente, psicólogo, assistente social e contador.

Ao final, Kauy citou uma frase de Charles Chaplin: "Conhecer o homem - esta é a base de todo o sucesso. O Cetra é pra vocês, estamos a disposição no que for preciso, concluiu.

Logo depois, Rogério Góes, do Conselho Regional de Administração falou sobre Trabalho em Equipe. Rogério Góes que já proferiu algumas palestras aos servidores em eventos promovidos pelo Centro de Treinamento e Apoio ao Servidor (Cetra). Ele destacou o tamanho da responsabilidade que os funcionários do Judiciário têm com o jurisdicionado. Onde todos estamos fazendo, o trabalho aparece e quando não fazemos o trabalho não aparece.

O conselheiro falou da importância da boa comunicação eficaz, da boa negociação, de liderança e motivação, e das equipes de alto desempenho.

Comportamento de líder não é propriedade só de uma pessoa e sim, antes de mais nada, uma atitude que deve ser incentivada e facilitada, afirmou.

Vamos repensar a relação das pessoas e o que as pessoas precisam. Falou ainda da importância de manter um bom relacionamento. Um servidor mal orientado vai causar um impacto negativo em toda a equipe, mas é preciso lhe proporcionar outras oportunidades, descobrir qual o seu grau de dificuldade para tentar mudar e direcioná-lo para outras questões.

O Cetra veio para ficar e será preciso que cada um de vocês torne o projeto irreversível, para que esse projeto não morra, disse o conselheiro. Eu gosto muito de pessoas esquisitas porque elas fazem a diferença, é nossa responsabilidade pegar a bandeira e continuar a carrega-la, falou.

O conselheiro também falou que nunca devemos negociar com pessoas estranhas; precisamos primeiro quebrar o gelo, para que possamos ter uma boa negociação, isso vale tanto para a vida familiar como a do trabalho. Precisamos estar a sua volta com pessoas que nos ajudem no sucesso. Finalizou a palestra com uma frade de Raul Seixas: Um sonho sonhado sozinho é um sonho. Um sonho sonhado junto é realidade.

Na segunda parte do evento o juiz substituto em segundo grau, Gilson Delgado Miranda que também é mestre e doutor pela PUC/SP, professor dos Cursos de Graduação, Especialização e Mestrado da PUC/SP e autor de livros e artigos jurídicos falou sobre o tema: Execução por Quantia Certa Contra Devedor Solvente: Questões Atuais e Práticas.

Boa tarde a todos, é um prazer estar aqui na sede da 7ª Região Administrativa em Santos, recebendo inicialmente neste evento nas regiões por conta da visita recente do presidente e considerando o número de pessoas, quero cumprimentar a todos os servidores de Santos e das comarcas vizinhas. Estamos aqui para trabalhar um assunto importante, nos formatamos um trabalho para que pudéssemos acompanhar, enfim tudo aquilo que realmente é necessário para aproveitar o máximo, esperamos atender às expectativas. Toda a formatação, o empenho e organização são da equipe do Kauy do nosso presidente, que tem permitido ter essas palestras. Durante a palestra, várias questões envolvendo Execução foram abordadas e comentadas.

Comunicação Social TJSP SO (texto) / AC (fotos)

imprensatj@tjsp.jus.br

0 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)