jusbrasil.com.br
24 de Março de 2019
    Adicione tópicos

    Cetra realiza curso de treinamento e atualização para servidores da 1ªRAJ na EPM

    Tribunal de Justiça de São Paulo
    há 6 anos

    Nessa sexta-feira (12), o juiz Gilson Delgado Miranda foi o palestrante do Curso de treinamento e atualização destinado aos servidores da 1ª Região Administrativa São Paulo, realizado naEscola Paulista da Magistratura (EPM). O tema analisado foi Execução por quantia certa contra devedor solvente: questões atuais e práticas.

    Promovido pelo Centro de Treinamento e Apoio ao Servidor (Cetra), o evento é uma realização conjunta da Presidência do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, da Corregedoria Geral da Justiça e da EPM, com o apoio das Secretarias de Recursos Humanos (SRH), de Tecnologia da Informação (STI) e de Primeira Instância (SPI). Além dos presentes, participaram, na modalidade a distância, servidores de 29 comarcas do interior do Estado.

    O palestrante explicou detalhadamente os conceitos, pressupostos, o objeto e os princípios da execução, destacando a atuação do Poder Judiciário na questão: transformar, mediante o uso das medidas coativas e coercitivas, os bens do devedor em dinheiro (execução por quantia certa) ou apreender dinheiro ou outros bens para viabilizar o cumprimento da obrigação. Tudo depende da nossa atuação: se o Judiciário não funcionar, ninguém consegue a satisfação de seu direito, dos simples aos mais complexos, observou.

    Ao final de sua exposição, Gilson Delgado Miranda cumprimentou e agradeceu a participação de todos, salientando que o curso teve 315 inscritos (136 na capital e 179 no interior).

    Encerrando o evento, o diretor da EPM, desembargador Armando Sérgio Prado de Toledo, agradeceu a dedicação do palestrante à Escola, em especial nos cursos para funcionários, e cumprimentou os servidores: Como vários magistrados já afirmaram, sem os senhores, não conseguimos fazer nada, porque os funcionários são o elo mais importante de ligação do magistrado com a sociedade, ressaltou, frisando que a Escola está unida com a Presidência e a Corregedoria no sentido de dar a maior atenção possível aos funcionários, capacitando-os e buscando oferecer não apenas os conteúdos úteis ao cotidiano forense, mas, também, aqueles que melhorem a qualidade de vida de todos.

    Comunicação Social TJSP MA (texto e foto)

    imprensatj@tjsp.jus.br

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)