jusbrasil.com.br
20 de Setembro de 2019
    Adicione tópicos

    Quatro magistrados assumem o cargo de desembargador do TJSP

    Tribunal de Justiça de São Paulo
    há 5 anos

    Em posse administrativa realizada hoje (22) no Gabinete da Presidência, assumiram o cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo os magistrados Theodureto de Almeida Camargo Neto, Maria Laura de Assis Moura Tavares, Guilherme de Souza Nucci e Fábio Guidi Tabosa Pessoa.

    O presidente do TJSP, desembargador Renato Nalini, parabenizou os novos integrantes da Corte e falou sobre a trajetória de cada um: todos ingressaram na magistratura na década de 80. “O gigantismo do Tribunal faz com que um juiz leve mais de 25 anos para chegar ao cargo de desembargador. Este fato faz com que assumam a função completos e experientes. O Tribunal se enriquecerá com a chegada destes quatro magistrados.”

    Os empossados também proferiram algumas palavras. Todos agradeceram o apoio da família e dos amigos e destacaram a honra por integrarem o maior Tribunal do mundo. “Este é um momento de alegria, mas também de bastante reflexão. Acho que realmente é preciso incentivar uma reforma do Judiciário, mas penso que estamos muito próximos de uma Justiça mais rápida graças ao processo digital e à instalação dos centros de conciliação”, disse Theodureto de Almeida Camargo Neto.

    Maria Laura de Assis Moura Tavares falou sobre a dedicação que o cargo exige. “Tenho certeza de que a experiência que adquirimos nos ajudará a cumprir nossa missão.” Guilherme de Souza Nucci, que também é escritor e professor, falou sobre a realização de seu sonho: “Sempre quis ser juiz e hoje é um dia de muita luz, porque é o final da trajetória. Posso me considerar realizado”. Fábio Guidi Tabosa Pessoa também falou sobre a carreira e o ciclo que se fecha. “Assumo o cargo com muita satisfação, mas também com a consciência de minha responsabilidade”, disse.

    À solenidade estiveram presentes também o vice-presidente do TJSP, Eros Piceli; o corregedor-geral da Justiça, Hamilton Eliot Akel; o presidente da Seção de Direito Público, Ricardo Mair Anafe; o presidente da Seção de Direito Criminal, Geraldo Francisco Pinheiro Franco; além de magistrados, servidores, amigos e familiares dos empossados.

    Theodureto de Almeida Camargo Neto – nasceu em 1959 na cidade de São Paulo. Formou-se em Direito pela Universidade de São Paulo, turma de 1983. Ingressou na magistratura no ano de 1985, nomeado juiz substituto da 14ª Circunscrição Judiciária, com sede em Barretos. Também trabalhou nas comarcas de Colina, Tatuí, São José dos Campos e São Paulo. Chegou ao cargo de juiz substituto em segundo grau em 2010.

    Maria Laura de Assis Moura Tavares – natural de São Paulo, nascida no ano de 1962, formou-se pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo em 1984. Iniciou sua carreira na magistratura em 1988, como juíza substituta da 1ª Circunscrição Judiciária, com sede em Santos. Ao longo da carreira, atuou também em São Joaquim da Barra, Itapira, Santo André, São Bernardo do Campo e na capital. Assumiu o cargo de juíza substituta em segundo grau no ano de 2010.

    Guilherme de Souza Nucci – nasceu em São Paulo no ano de 1962 e é formado em Direito pela Universidade de São Paulo, turma de 1986. Ingressou na magistratura no ano de 1988, na 45ª Circunscrição Judiciária, com sede em Mogi das Cruzes. Atuou também nas comarcas de Cardoso, Itapeva e na capital. Também assumiu o cargo de juiz substituto em segundo grau no ano de 2010.

    Fábio Guidi Tabosa Pessoa – natural de São Paulo, nasceu no ano de 1963. Formou-se em Direito em 1986 pela Universidade de São Paulo. Iniciou a carreira em 1988 na 23ª Circunscrição Judiciária, com sede em Botucatu. Também trabalhou em Itapecerica da Serra, Nova Granada, Embu e na capital. Em 2010, assumiu o cargo de juiz substituto em segundo grau.

    Comunicação Social TJSP – CA (texto) / RL (fotos)
    imprensatj@tjsp.jus.br

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)