jusbrasil.com.br
26 de Janeiro de 2022
    Adicione tópicos

    Desembargador José Maria Câmara Júnior toma posse no TJSP

    Tribunal de Justiça de São Paulo
    há 5 anos

    Solenidade foi realizada no Palácio da Justiça.

    Em cerimônia solene realizada na noite de ontem (29), no Salão do Júri do Palácio da Justiça, o magistrado José Maria Câmara Júnior tomou posse como desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo. Na ocasião, o mais novo membro da Corte assinou o termo de posse, prestou juramento e recebeu o Colar do Mérito Judiciário.

    Orador em nome do TJSP, o desembargador Sérgio Rui da Fonseca falou sobre a trajetória de José Maria Câmara Júnior que, em mais de 30 anos de convívio, “professa bondade, paciência, respeito, humildade, humor, disposição para aprender com os mais jovens e os pobres, e, quando necessário, silêncio”, afirmou. “O caminho é simples, pacífico, generoso, justo; caminho este que, se for seguido, o mundo reconhecerá para sempre, e Deus abençoará eternamente.”

    Em seguida, José Maria Câmara Júnior, emocionado, agradeceu a todos que o ajudaram ao longo de sua carreira e falou sobre sua experiência de vida. “Muito me honra ser desembargador do nosso TJSP. Sou uma pessoa de sorte porque eu faço há 30 anos e nove meses aquilo que gosto. A Magistratura me deu quase tudo na vida, meus amigos do coração, e experiências que tocaram a minha alma e me tornaram alguém melhor. O juiz deve buscar sempre o seu aperfeiçoamento, não deve se acomodar, pois a sociedade espera muito de nós, principalmente no momento o qual atravessa o nosso País. Devemos fazer o melhor possível para dar o direito a quem tem”, declarou.

    Ao encerrar a solenidade, o presidente Paulo Dimas parabenizou o desembargador e destacou sua confiança e admiração pelo magistrado. “Tenho certeza que você tem muitos caminhos a percorrer, com uma trajetória brilhante de vida pessoal e profissional, que sempre foi forjada a partir de sonhos e ideais, de muita inspiração, suor e lágrimas. Saberá cumprir bem sua missão. Confio e te admiro muito.”

    Prestigiaram a solenidade o vice-presidente do TJSP, desembargador Ademir de Carvalho Benedito; o corregedor-geral da Justiça, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças; o presidente da Seção de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Luiz Antonio de Godoy; o presidente da Seção de Direito Criminal, desembargador Renato de Salles Abreu Filho; o vice-presidente do Tribunal de Justiça Militar de São Paulo, juiz Clovis Santinon, representando o presidente; a defensora pública coordenadora auxiliar do Núcleo Especializado em Segunda Instância e Tribunais Superiores, Luciana Jordão da Motta Armiliato de Carvalho, representando o defensor público-geral; o ex-presidente da Seção de Direito Privado do TJSP e ex-diretor da Escola Paulista da Magistratura, desembargador Fernando Antonio Maia da Cunha; o ex-vice-presidente do Tribunal de Justiça e ex-corregedor-geral da Justiça de São Paulo, Antonio Carlos Munhoz Soares; o diretor da Escola Paulista da Magistratura, Antonio Carlos Villen; o presidente da Associação Paulista de Magistrados, Oscild de Lima Junior, representando o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros; o 1º secretário da Associação dos Advogados de São Paulo, Renato José Cury, representando o presidente; o chefe da Assessoria Policial Militar do TJSP, coronel PM Sergio Ricardo Moretti; o secretário de Estado da Administração Penitenciária de São Paulo, Lourival Gomes; o decano da Academia Paulista de Letras, poeta Paulo Bomfim; demais desembargadores, juízes, membros do Ministério Público, defensores públicos, advogados, autoridades civis e militares, servidores, amigos e familiares.

    Trajetória – José Maria Câmara Júniornasceu em 1961, na capital paulista, e se formou pela Faculdade de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, na turma de 1984. Ingressou na Magistratura em 1986, como juiz substituto da 8ª Circunscrição Judiciária, com sede em Campinas. Nas décadas seguintes atuou nas Comarcas de Ituverava, Avaré, São Caetano do Sul e na Capital. Foi removido ao cargo de juiz substituto em 2º grau em 2011 e promovido a desembargador pelo critério de merecimento em 2017.

    Mais fotos no Flickr.

    Comunicação Social TJSP – VV (texto) / KS (fotos)

    imprensatj@tjsp.jus.br

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)