jusbrasil.com.br
21 de Agosto de 2019
    Adicione tópicos

    TJSP na mídia: Jornal Nacional aborda curso de reeducação de agressores em Santo André

    Tribunal de Justiça de São Paulo
    há 7 meses

    Matéria destaca pioneirismo do TJSP.

    O Jornal Nacional, da TV Globo, veiculou na edição de ontem (10) reportagem sobre cursos de reabilitação para homens que agrediram mulheres. Um projeto de lei em andamento no Senado prevê que os agressores, além de responder criminalmente, tenham que passar por reeducação. Na matéria, foi apresentado como exemplo o projeto “E Agora José?”, da Comarca de Santo André. Assista aqui.

    “São apresentados relatórios pela equipe que faz o curso e, depois de um tempo, depois que ele sai do curso, há um novo acompanhamento e uma nova submissão a uma entrevista, uma análise do que está acontecendo. É importante fazer esse acompanhamento. A realidade muda bastante”, disse para a reportagem a juíza integrante da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Comesp) e da 2ª Vara Criminal de Santo André, Teresa Cristina Cabral Santana.

    O Jornal Nacional acompanhou a primeira sessão do ano do grupo “E Agora José?”, cuja taxa de reincidência é praticamente zero. “Você aprende a saber escutar a outra pessoa também. E saber aceitar que você nem sempre está certo”, afirmou um participante.

    Logo na sequência, também foi veiculada matéria sobre medidas protetivas expedidas pela Justiça, a principal forma de amparo a mulheres vítimas de violência. Em 2017, foram 236 mil em todo o Brasil, de acordo com o Conselho Nacional de Justiça. 83.229 delas expedidas no Estado de São Paulo – aproximadamente 32,5% do total. Veja mais.

    Comunicação Social TJSP – GA (texto) / MC (arte) imprensatj@tjsp.jus.br

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)